Você sabe tudo sobre seu gatinho? Confira aqui todos os cuidados de que ele precisa!

Dizem que o gato é um animal super independente e que não precisa de muito pra ficar bem. Isso é verdade em parte. Sim, ele é independente, mas como todo animal gosta e precisa de carinho e amor pra ficar bem. Mas além de carinho, ele também precisa de cuidados. Confira quais cuidados você precisa ter abaixo.

1- Alimentação:
Um dos maiores problemas dos felinos é a obesidade. Por isso, a ração deve ser de boa qualidade e específica para o seu gato (por exemplo: castrado, idoso, obeso etc). A ração exposta durante todo o dia perde aroma e “crocância”, então deve ser oferecida em pequenas porções, várias vezes ao dia, até o limite impresso na embalagem ou estipulado pelo veterinário. E não se esqueça de deixar bastante água: o ideal é trocá-la duas vezes ao dia para que esteja sempre fresquinha.

2- Cama:
Providencie para o seu gato uma caminha confortável em um lugar sossegado. Existem várias opções em petshops, mas uma caixa de papelão com uma almofadinha ou toalhinha dentro já é o suficiente pra deixá-lo bem feliz e aconchegado.

3- Banheiro:
Gatos são muito limpinhos e geralmente aprendem a usar a caixa de areia por conta própria. Você encontra areia sanitária em pet shops e supermercados. Lembre-se de manter a caixa sempre com bastante areia e sempre limpa – pois os gatos podem evitá-la se ela estiver suja.

4- Banho:
Gatos fazem sua própria higiene e por isso geralmente não precisam de banho. A não ser em casos de problemas de pele ou de pêlo: nesse caso, leve-o ao veterinário para ver se ele também precisa de algum medicamento específico. Escove os pêlos do seu gato com frequencia. A maioria dos gatos adora ser escovado, e isso reduz o número de pêlos perdidos pela casa.

5- Unhas e pêlos:
Use tesouras especiais compradas em pet-shops e corte só a pontinha da unha, para não machucar o gato. Este post explica como se faz, mas se preferir, peça para o seu veterinário mostrar ao vivo. Afiar as unhas é uma atividade prazerosa e necessária para os gatos, então, para preservar seus móveis, é bom ter em casa um arranhador próprio para gatos.

6- Brincadeiras:
Seu gato não é um cachorro que mia: ele tem comportamentos bem diferentes de um cachorro, e um deles é na hora da brincadeira. Alguns gatos são mais brincalhões, outros menos. Há várias opções de brinquedos em pet-shops, mas a maioria gosta mesmo é de fitinhas, bolinhas de papel e caixas de papelão. Não os deixe bricar com linha ou com novelo de lã, pois ele pode engolir e ter sérios problemas.

7- Adestramento:
Gatos não são fáceis de se adestrar, mas você pode evitar comportamentos indesejados espirrando água com um borrifador quando ele fizer algo de errado. NUNCA bata em seu gato. Ele não irá associar a violência ao que acabou de fazer, além do que isso poderá tornar a relação entre vocês muito ruim.